ANUNCIE AQUÍ

ANUNCIE AQUÍ

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Ponto Novo: MEC confirma que município pode transportar alunos residentes nas localidades afetadas com divisas territoriais matriculados em escolas do município

                                 

A novela das divisas territoriais entre Ponto Novo e Queimadas teve um novo capítulo. Após não obterem êxito na ALBA (Assembleia legislativa da Bahia) os representantes das comunidades unidos a lideranças políticas de Ponto Novo, buscaram novos meios para poder resolver a situação. Um dos muitos problemas advindos da falta de assistência do município de Queimadas para com as localidades é o transporte escolar, o que preocupou as lideranças, já que o município de Ponto Novo estava impossibilitado de prestar serviço aos moradores das localidades afetadas com o imbróglio das divisas territoriais.
Segundo o vereador Miguel da Silva, em sua fala na sessão da câmara no dia 04 de novembro, foi enviada uma proposta para o ministério público estadual, comarca de Saúde, porém, não obtendo êxito. Enviando também para a comarca de Queimadas, que também não obtiveram sucesso.
Diante disso, Encaminharam um documento ao ministério público federal, que também as comunidades foram frustradas, porém o MPF sugeriu que encaminhasse o documento ao MEC (Ministério da Educação), o que foi feito pelo município.
E finalmente, o MEC deu parecer favorável de que o transporte escolar deve ser mantido pelo município de Ponto Novo.  

Fonte: Texto e foto/Web Interativa